Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Billie Eilish

Frazer Harrison

O triunfo da pop latina, muitas colaborações e vários percalços técnicos: assim foi o primeiro fim de semana de Coachella

Rosalía e J. Balvin juntos em palco, uma aparição surpresa (e azarada) de Nicki Minaj e muito mais no primeiro fim de semana do festival californiano

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

O primeiro fim de semana do festival de Coachella ficou marcado pelo triunfo dos artistas pop e pelas numerosas colaborações entre artistas.

Foi o que aconteceu com J. Balvin, que em junho atua no NOS Primavera Sound, no Porto. Depois de, no ano passado, ter sido convidado de Beyoncé em Coachella, desta vez o colombiano apresentou-se no palco principal do festival californiano, naquela que foi a estreia de um artista reggaeton naquele palco.

Demorámos 15 anos a chegar aqui”, congratulou-se o artista hispânico, sendo aclamado pelo público.

Rosalía, que também estará no NOS Primavera Sound, juntou-se a J. Balvin no tema 'Con Altura'; Sean Paul foi outro dos convidados de Balvin, que apostou num cenário colorido e cheio de acessórios.

Cabeça de cartaz de Coachella, Ariana Grande também ofereceu aos seus fãs várias surpresas: os *NSYNC ajudaram-na em 'break up with your girlfriend, i’m bored', na qual são samplados, e Nick Minaj subiu ao palco para um dueto manchado por problemas técnicos. Ariana Grande fez ainda uma versão de 'Close To You', de Frank Ocean, e recebeu Diddy e Mase para recordar 'Mo’ Money Mo’ Problems', a sua histórica colaboração com Notorious B.I.G., de 1997.

Outro dos momentos mais aguardados do festival era o concerto da revelação Billie Eilish, que também sofreu alguns problemas técnicos, logo no arranque da atuação e no dueto com Vince Staples, cuja voz não se fazia ouvir. Em 'Bury a Friend', a norte-americana emocionou os fãs cantando numa cama, refletindo o cenário sinistro do vídeo, e em 'All the Good Girls Go to Hell' esqueceu-se da letra.

Por seu turno, Janelle Monáe chamou ao palco a rapper Lizzo, que já havia atuado noutro palco, para uma colaboração acalorada. Veja aqui:

Instagram

Uma das bandas rock em maior destaque no cartaz, os Tame Impala foram cabeças de cartaz da segunda noite do festival.

Childish Gambino, que se destacou por não ter qualquer convidado no seu espetáculo e por pedir aos espectadores que não usassem telemóveis durante o seu concerto, ou Katy Perry, convidada surpresa do músico eletrónico Zedd, foram outros dos destaques do primeiro fim de semana de Coachella, que este ano ofereceu aos muitos festivaleiros um palco diferente: o Sonora, com ar condicionado, luzes discretas e artistas menos conhecidos.

Nos palcos mais pequenos, os texanos Khruangbin, que em agosto estarão no Vodafone Paredes de Coura, e a banda de k-pop Blackpink receberam também críticas positivas.

O festival continua no próximo fim de semana, com um espetáculo especial de Kanye West no domingo de páscoa, em apresentação do seu projeto “Missa de Domingo” (Sunday Service).