Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Dan Reed

HBO

“Os factos não mentem mas os pedófilos sim”, afirma o realizador de “Leaving Neverland”

Mais uma afirmação forte de Dan Reed

Dan Reed, realizador do documentário "Leaving Neverland", reagiu às manifestações de apoio a Michael Jackson, promovidas por fãs que acreditam que a estrela é inocente de todas as acusações de abusos sexuais feitas contra si.

Recorde-se que, desde a estreia de "Leaving Neverland", foram muitos os fãs do artista que acusaram Wade Robson e James Safechuck de estarem a mentir, chegando mesmo a comprar anúncios em transportes públicos proclamando a inocência do "Rei da Pop".

Em declarações ao programa de televisão "The Morning Show", do canal norte-americano Channel 7, Dan Reed afirmou que "os factos não mentem, mas os pedófilos sim". "Entrevistei investigadores policiais e nenhum deles duvida da culpabilidade de Jackson", explicou. "Pesquisei profundamente o caso e não há dúvida de que Jackson mentiu por muito tempo".

O realizador declarou ainda que o objetivo do documentário não é o de tirar Michael Jackson do seu "pedestal". "Não estava a tentar fazer com que a música dele fosse banida. As pessoas precisam de admitir que ele era um pedófilo, mas continuam a separar a arte do artista".