Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Getty Images

O que acontece ao nosso cérebro quando ouvimos música

Não se preocupe, é demasiado bom

Um novo estudo, publicado no jornal "Scientific Reports", revelou o que acontece no nosso cérebro quando escutamos música.

O estudo recorreu a 40 voluntários, a quem foi mostrada música que lhes era familiar e música que não conheciam.

A sua atividade cerebral era, então, estudada pelos cientistas responsáveis pelo estudo, que verificaram que quanto mais escutamos uma canção ou um género musical, menos reage o nosso cérebro.

Porém, isto é apenas válido para a música que já conhecemos; em relação à música com a qual os voluntários não tinham afinidade, este decréscimo não existia.

Ainda que os cientistas não tenham conseguido medir quantas escutas são necessárias para que uma certa canção se torne "familiar" ao ouvinte, a conclusão é a de que o nosso cérebro não gostaria tanto de uma canção após meses e meses a ouvi-la, do que nas primeiras vezes que isso aconteceu.

Não é a primeira vez que este tipo de estudo, que procura avaliar a reação do cérebro humano à música, é realizado.

Em 2009, um artigo publicado no jornal Circulation indicava que o nosso batimento cardíaco podia sincronizar-se com a batida de uma canção.

E, mais tarde, um artigo no jornal Nature Neuroscience mostrou que ouvir música pode tornar-nos eufóricos devido à libertação de dopamina, no cérebro.