Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Pete Davidson e Ariana Grande

Getty Images

Igreja Católica exige pedido de desculpas de ex-namorado de Ariana Grande

"Troçar desde momento difícil na história da Igreja não serve qualquer propósito"

A Igreja Católica exigiu um pedido de desculpas a Pete Davidson, ex-namorado de Ariana Grande.

Em causa está uma piada feita por Davidson no programa de televisão "Saturday Night Live", na qual o comediante compara Michael Jackson e R. Kelly à Igreja.

"Apoiar a Igreja Católica não é o mesmo que ser-se fã de R. Kelly?", questionou. "Não vejo qual a diferença, tirando a música de um deles ser melhor".

Davidson referia-se, evidentemente, aos escândalos de abuso sexual de menores que têm abalado a Igreja, e às acusações feitas contra R. Kelly e Jackson, sobre o mesmo tipo de crimes.

A comparação não caiu bem entre a Diocese de Brooklyn, que considerou a piada "ofensiva".

"Hoje em dia, só é aceitável discriminar-se a Igreja Católica", afirmou o bispo Nicholas DiMarzio, através de um comunicado.

"Os fiéis da nossa Igreja sentem-se enojados com o assédio de que são alvo nas notícias e no entretenimento, e este sketch ofende milhões de pessoas. Troçar desde momento difícil na história da Igreja não serve qualquer propósito", continuou.

"O abuso sexual por parte de membros do clero é vergonhoso, e ninguém deveria poder rir-se das vítimas que sofreram danos irreparáveis. A Diocese de Brooklyn luta todos os dias para se assegurar que estes abusos não voltam a acontecer".