Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Baterista dos Aranda e mulher alegadamente mortos pelo próprio filho

A história de um caso macabro

O baterista da banda rock norte-americana Aranda, Mike Walker, e a sua mulher, Rachel, foram assassinados esta segunda-feira.

O crime terá sido cometido pelo próprio filho do casal, Elijah Walker, de 19 anos, que se encontra detido pelas autoridades.

Os Aranda formaram-se em 2001, tendo editado desde então um total de três álbuns de estúdio, o último dos quais, "Not the Same", foi lançado em 2015.

A banda já lamentou a morte do seu baterista, através de um comunicado publicado nas redes sociais. "Perdemos um colega, um irmão, o nosso melhor amigo", começam por dizer.

"Ele fazia de tudo: desde tocar bateria até fazer com que as pessoas se apaixonassem por ele, sem esforço. Sentiremos falta do seu riso e do seu apetite pela 'cozinha de banda'".

Para já, ainda não são conhecidos os motivos que terão levado Elijah a matar os próprios pais, estando as autoridades a investigar o caso.