Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Rita Carmo

“Se dessem prémios por simpatia, esse Grammy era teu”. James Blunt reage à morte de Keith Flint

Uma história tocante e que também envolve Noel Gallagher, Damon Albarn e Paul Weller

James Blunt é um dos muitos músicos que reagiu já à morte de Keith Flint, dos Prodigy, partilhando uma história tocante envolvendo ambos os músicos.

Blunt e Flint encontraram-se nos bastidores da cerimónia de entrega dos prémios Q, com o autor de 'You're Beautiful' a ser desprezado por quase todos os seus colegas de profissão.

"O Noel Gallagher disse que iria deixar Ibiza porque me mudei para lá. O Damon Albarn recusou aparecer comigo numa fotografia. O Paul Weller disse que preferia comer as próprias fezes a trabalhar comigo", recorda.

"O Keith Flint aproximou-se, deu-me um abraço e disse-me que estava entusiasmado com o meu sucesso. Keith, chorei uma lágrima pela tua morte. Se nesta indústria dessem prémios por simpatia, esse Grammy era teu", completou.