Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

'Telemóveis' ouviu-se pela segunda vez na Arena de Portimão depois de declarada vencedora

Pedro Pina/RTP

Como Conan Osiris festejou a vitória no Festival da Canção

O músico foi entrevistado no programa da manhã da Antena 3 e contou como reagiu à vitória no Festival da Canção

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Conan Osiris foi entrevistado, esta manhã, no programa Manhãs da 3, na Antena 3, e falou sobre a sua recente vitória no Festival da Canção.

No passado sábado, o autor de 'Adoro Bolos' sagrou-se vencedor do Festival da Canção, com a canção 'Telemóveis' a arrecadar a pontuação máxima do júri e do público.

No dia seguinte, Conan Osiris celebrou de forma descontraída.

Estive na praia de Alvor, o que foi bué simbólico, com os meus amigos que tinham ido ao Algarve ver o show. E estive com eles a tarde toda no Alvor, na praia a que costumávamos ir de férias”, contou à Antena 3.

Na mesma entrevista, o representante de Portugal na Eurovisão confessou que, quando escreveu 'Telemóveis', uma canção que começou a nascer no dictafone do seu iPhone, não pensava na possibilidade de ganhar, e que à medida que vem ganhando mais notoriedade, percebe que algumas pessoas se sentem “titiladas” pelo seu sucesso.

A propósito da participação, no mesmo programa da Antena 3, de Branko, Conan Osiris elogiou o papel do ex-Buraka Som Sistema no desbravar de novas sonoridades em Portugal.

“Algumas pessoas achavam que alguns tipos de música dançantes eram uma coisa menor e de piada, quando nunca vão ser e se calhar estão a muitos anos-luz [no que toca a] criatividade”, considera Tiago Miranda, aka Conan Osiris, em entrevista a Luís Oliveira, Ana Markl e Inês Lopes Gonçalves.

Se as pessoas pensam que a minha cena é milimetricamente estudada, como já ouvi, que há uma cena de marketing por trás... quem me dera ter o dinheiro do marketing!”, garante ainda o lisboeta de 30 anos, entre risos.