Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Christopher Polk

Digressão de Ryan Adams no Reino Unido e Irlanda foi cancelada devido à pressão de quem já tinha comprado bilhete

O cantautor foi acusado de vários casos de má conduta sexual

A digressão de Ryan Adams pelo Reino Unido e República da Irlanda, que teria início do final de março, foi cancelada.

Recorde-se que o autor de 'Do You Still Love Me?' foi acusado de vários casos de má conduta sexual e abuso psicológico, incluindo pela ex-mulher, Mandy Moore.

O Royal Albert Hall, sala de espetáculos londrina que iria acolher Ryan Adams a 2 de abril, anunciou o cancelamento da digressão no Twitter.

Após o rebentar do escândalo que envolve o músico, foram muitos os fãs que tentaram proceder à devolução dos seus bilhetes, mas sem sucesso, já que os promotores responsáveis asseguraram que os concertos iriam ter lugar.

Devido à pressão por parte dos compradores, os espetáculos foram formalmente cancelados, tal como o lançamento do novo álbum de Ryan Adams, "Big Colors", que estava agendado para abril.