Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Manic Street Preachers

Manic Street Preachers e Killing Joke entre as novas confirmações do EDP Vilar de Mouros

Decano festival acrescenta três nomes de uma assentada ao seu cartaz, pode avançar a BLITZ

O EDP Vilar de Mouros tem três nomes para o seu cartaz. Manic Street Preachers, The Killing Joke e Nitzer Ebb acrescentam-se ao menu do festival minhoto, pode a BLITZ avançar.

Os galeses Manic Street Preachers lançaram em 2018 o seu décimo-terceiro álbum, "Resistance Is Futile". Fundados na segunda metade dos anos 80, tiveram na década seguinte o seu apogeu, graças a álbuns como "Everything Must Go" (1996) e "This Is My Truth Tell Me Yours" (1998), que no ano passado mereceu reedição de 20º aniversário. Há nove anos que o grupo não vem a Portugal: os autores de 'Motorcycle Emptiness' tocaram pela última vez entre nós na edição de 2010 do festival NOS Alive.

Por sua vez, os Killing Joke, veteranos do pós punk e do rock industrial britânico do arranque dos anos 80, celebraram em 2018 os 40 anos de vida de palco. Em 2016, a banda cancelou a sua atuação no extinto festival Reverence Valada e já em 2005 o mesmo tinha acontecido no festival de Paredes de Coura.

Formados em 1982, os ingleses Nitzer Ebb - referências da Electronic Body Music e do pós-industrial (os próprios Killing Joke eram sua influência) - vêm a Portugal celebra um percurso com mais de trinta anos.

Além das bandas agora anunciadas, o festival que se realiza em Vilar de Mouros de 22 a 24 de agosto conta ainda no seu cartaz com Prophets of Rage, Skunk Anansie, Fischer-Z, Linda Martini, Gogol Bordello, The Wedding Present, Clan of Xymox e Anna Calvi.

O passe de 3 dias para o festival está à venda ao preço de 70 euros.