Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Rami Malek

Frazer Harrison

O comovente discurso de Rami Malek nos Óscares: "Fizemos um filme sobre um homem gay, um emigrante que viveu a sua vida sem pedir desculpas"

"O meu pai não viveu para ver isto, mas acredito que me está a ver"

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Nomeado pela primeira vez para um Óscar, Rami Malek venceu o cobiçado troféu de Melhor Ator Principal, agradecendo à sua família no discurso.

"O meu pai já cá não está para ver isto, mas acredito que me esteja a ver. Este é um momento enorme", disse o norte-americano que foi Freddie Mercury no cinema.

Rami Malek agradeceu ainda aos Queen: "Eu não era a escolha óbvia [para o papel], mas parece que resultou. Obrigada por me deixarem fazer parte do vosso legado fenomenal, terei sempre uma dívida de gratidão para convosco".

Acerca de Freddie Mercury, Rami Malek lembrou: "Era um miúdo a tentar descobrir a sua identidade. A todas as pessoas que estejam a tentar descobrir a sua voz, olhem: fizemos um filme sobre um homem gay, um emigrante que viveu a sua vida sem pedir desculpas a ninguém".

"O facto de eu estar aqui a celebrar a sua história convosco é a prova de que queremos mais histórias como esta. Eu sou filho de emigrantes egípcios. Sou um americano de primeira geração. Mas a minha história está a ser escrita agora e não podia estar mais grato a todos os que acreditaram em mim".