Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Rami Malek

Getty Images

Rami Malek afirma que a experiência com o realizador Bryan Singer foi “desagradável”. “E mais não posso dizer, por agora”

"É horrível que isto ainda aconteça após o #MeToo"

O ator Rami Malek voltou a abordar a polémica em torno do realizador Bryan Singer, acusado de vários crimes de assédio e abuso sexual.

Em declarações ao The Hollywood Reporter, Malek mostrou-se solidário para com as alegadas vítimas: "Estou ao lado de todos os que tiveram de passar por aquilo que ouvi e por aquilo que se sabe", disse.

"O que se passou é lamentável, sei o quão difícil deve ser para eles. É horrível que isto ainda aconteça após o #MeToo".

O ator falou, ainda, da sua própria experiência com Singer durante as gravações de "Bohemian Rhapsody". "Toda a gente merece ter voz, e os que quiserem falar daquilo que passou com o Bryan merecem ser ouvidos", afirmou.

"A minha experiência não foi agradável, de todo. E mais não posso dizer, por agora".