Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Demi Lovato

Getty Images

Demi Lovato goza com a possível deportação de 21 Savage e é arrasada no Twitter

Artista apagou a sua conta no Twitter depois de se tornar alvo de comentários pouco simpáticos

Demi Lovato está novamente envolvida em polémica: a artista norte-americana partilhou uma mensagem no Twitter sobre a detenção de 21 Savage pelo departamento de imigração norte-americano e vários utilizadores da rede social reagiram mal. O rapper, que sempre deu a entender que era americano, será, na realidade, britânico e estará a viver ilegalmente em Atlanta há vários anos.

"Até agora, os memes do 21 Savage têm sido a minha parte favorita da Super Bowl", escreveu Lovato, tornando-se rapidamente alvo de reações pouco simpáticas, com muitos utilizadores do Twitter a recordarem a artista que ninguém gozou com ela quando teve uma overdose, no ano passado. "Ninguém gozou contigo quando andavas a meter drogas", "boa mudança para ti, normalmente é heroína", "é melhor os médicos tirarem-lhe o telemóvel" foram algumas das mensagens.

A própria manager de 21 Savage, Kei Henderson, reagiu, escrevendo: "até éramos fãs da Demi Lovato. Quando ela atravessou a fase complicada dela, lembro-me de estarmos em digressão e de o Savage dizer que esperava que ela conseguisse ultrapassar aquilo. As pessoas são estranhas".

Lovato defendeu-se, dizendo que não estava a gozar com a detenção do rapper: "não estava a rir-me de alguém a ser deportado, sei que isso não é uma piada", escreveu, "o meme que eu partilhei e sobre o qual estava a falar era o dele a escrever com uma caneta de pena. Estava a rir-me do facto de ninguém saber que ele era inglês. Não era mais que isso. Desculpem se ofendi alguém, mas isso não é desculpa para gozar com o vício de uma pessoa, muito menos com a sua overdose".

Depois da detenção de 21 Savage, de 26 anos, residente em Atlanta, um porta-voz do departamento de imigração norte-americano explicou que um visto de permanência de um ano tinha-lhe sido concedido quando era adolescente, documento que expirou há muito tempo. A advogada do artista já veio a público assegurar que está a trabalhar no sentido da sua libertação e a tentar esclarecer "o mal-entendido".