Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Foi despedido de “Bohemian Rhapsody” mas ganhou 35 milhões de euros

A ‘ovelha negra’ da biopic dos Queen está milionária

Apesar de ter sido despedido antes de o filme estar terminado, o realizador Bryan Singer irá beneficiar em muito com o sucesso de "Bohemian Rhapsody".

Singer, que foi recentemente acusado de vários crimes de assédio e abuso sexual, deverá ganhar 40 milhões de dólares (cerca de 35 milhões de euros) com o filme.

O realizador foi despedido a duas semanas do fim das gravações, após se ter ausentado por diversas vezes. O realizador Dexter Fletcher e o produtor Graham King foram, então, contratados para terminar "Bohemian Rhapsody".

Os estúdios Fox estarão, no entanto, a tentar explorar todas as opções legais ao seu dispor em relação às obrigações financeiras que têm para com Singer.