Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Michael Jackson e Bubbles

Michael Jackson acusado de maltratar o chimpanzé de estimação Bubbles

O animal, adotado pelo artista no final dos anos 80, continua vivo

Depois das acusações de abusos sexuais, Michael Jackson, falecido em 2009, tem o nome novamente envolto em polémica: a primatóloga Jane Goodall veio a público acusar o cantor de maltratar Bubbles, o chimpanzé que adotou e transformou em seu animal de estimação no final dos anos 80.

Especialista em chimpanzés, a cientista britânica de 84 anos disse que Jackson ficou furioso quando o confrontou com os alegados maus-tratos: "fui visitá-lo e falámos sobre o Bubbles. Chamei-o à atenção. O Bubbles ainda está vivo e está lindo, mas quando estava com o Michael era espancado".

Apesar de a primatóloga não apontar o dedo diretamente ao artista, Jack Gordon, ex-marido da irmã LaToya Jackson, assegura, segundo o jornal The Sun, que viu Jackson a atacar o animal: "vi o Michael a esmurrar o Bubbles na cara e dar-lhe um pontapé no estômago".

Hoje com 35 anos, o chimpanzé passou a viver num centro de proteção para grandes símios na Florida quando Jackson resolveu desfazer-se dele, em meados da década passada.