Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Bohemian Rhapsody

“Bohemian Rhapsody” começa a perder prémios devido ao caso Bryan Singer

Filme dos Queen retirado de importante galardão

A GLAAD - uma associação que monitoriza a forma como as pessoas LGBTQ são tratadas nos média norte-americanos - decidiu retirar "Bohemian Rhapsody" dos nomeados para os GLAAD Media Awards.

Em causa estão as acusações de abuso sexual de menores feitas contra o realizador Bryan Singer, que foi afastado do filme em dezembro de 2017 pela produtora Fox, quando este já se encontrava em fase adiantada de rodagem.

O filme foi posteriormente completado por Dexter Fletcher, que preferiu não ser creditado pelo seu trabalho. Por sua vez, Singer negou todas as acusações.

Em declarações à revista Variety, um porta-voz da GLAAD comentou que esta foi uma decisão "difícil", mas "as vítimas de abusos sexuais devem ser colocadas em primeiro lugar".

Recorde-se que "Bohemian Rhapsody" venceu recentemente dois Globos de Ouro, para Melhor Filme Dramático e Melhor Ator, estando também nomeado para os Óscares.