Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

siga-nos

Perfil

Notícias

Capicua

Miguel Refresco

Capicua sobre canção com Xutos & Pontapés: “Nasci no ano do primeiro disco dos Xutos e a vida reserva-nos muitas surpresas”

A rapper é uma das convidadas da canção 'Imprevistos', que fecha o novo álbum dos Xutos & Pontapés, “Duro”, e falou sobre a colaboração à BLITZ

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Capicua é uma das convidadas do novo álbum dos Xutos & Pontapés, dando voz a 'Imprevistos', canção que fecha o alinhamento de “Duro”.

Naquele tema, Tim assume o papel de narrador, anunciando que se irá socorrer de “dois mestres da letra e do risco”.

Surgem então Capicua, com um rap criado no final das gravações do seu próprio disco, e Jorge Palma, narrando um encontro imediato com um touro, nos Açores.

O Tim pediu-me que eu contasse uma história ou falasse sobre um imprevisto e, no fundo, o imprevisto é eu estar a participar numa canção dos Xutos!”, contou Capicua à BLITZ. “Decidi fazer um mini-rap sobre isso. E imprevisto é também eu estar a viver do rap, nunca pensei que viesse a acontecer”.

Nasci no ano do primeiro disco dos Xutos e a vida reserva-nos muitas surpresas”, comenta a portuense, que apesar de ter tido uma juventude mais marcada por outros géneros musicais, acabou por ser também influenciada pelos Xutos & Pontaés.

“Cheguei a ter aulas de guitarra e as poucas canções que sabia tocar, além do 'Dunas', eram dos Xutos. É uma coisa geracional; eles faziam parte do imaginário e o espírito da época está condensado naquele cancioneiro. Fui influenciada por eles, nem que por osmose”.


À semelhança do que já acontecera quando foi desafiada para cantar com Sérgio Godinho, Capicua aceitou rapidamente o convite de Tim, sem “pensar muito. Se o fizer, fico esmagada pela responsabilidade e pelo orgulho. Tento que seja rápido, para não racionalizar demasiado!”.

A natureza da canção, 'Imprevistos', divertiu também a artista.

“Achei o resultado muito engraçado. A canção tem uma estética muito funky e é muito descontraída. Quando pensamos nos Xutos, pensamos nos grandes clássicos, nas baladas que se cantam em coro, e esta canção é uma desconstrução dessa ideia! Um funk bem disposto, com uma parte de rap e outra de storytelling, fora da caixa! É bom ver que eles têm esse espírito aventureiro”.

Capicua não é a única rapper a participar em “Duro” -- também Carlão empresta a voz ao tema 'Duelo Ao Sol'.

“O rap ganhou espaço e não é só no mercado!”, acredita Capicua. “Ainda bem: a música é melhor quando é misturada”.

Depois de vários anos de atividade intensa, a autora de “Sereia Louca”, que está à espera do primeiro filho, já tem um novo álbum pronto, que deverá lançar em setembro. “É um segundo 'parto', com o qual também estou muito entusiasmada”, afiança.