Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Lily Allen

Getty Images

Lily Allen assume ter dormido com “acompanhantes femininas”: “Não tenho orgulho disso, mas também não tenho vergonha. Já não o faço”

Cantora britânica resolveu falar sobre o assunto nas redes sociais para prevenir escândalo nos tabloides

Lily Allen assumiu ter dormido com "acompanhantes femininas" durante a digressão de promoção ao álbum "Sheezus", de 2014. A artista partilhou a história, que descreve com detalhe na vindoura autobiografia, "My Thoughts Exactly" (publicação marcada para dia 20 deste mês), no seu Instagram para prevenir um escândalo nos tabloides.

"No meu livro, detalho algumas coisas que se passaram nos meus dias mais negros, em torno da era de 'Sheezus'", começa por explicar Allen, "dormi com acompanhantes femininas quando andava em digressão, porque me sentia perdida e sozinha e em busca de algo. Não tenho orgulho disso, mas também não tenho vergonha. Já não o faço". De seguida, a artista justifica: "o Mail vai soltar a história amanhã porque alguém lhes falou disso e vão fazer com que pareça bem pior do que foi. Só queria ser eu a dizer-vos primeiro".

Recorde-se que a BLITZ entrevistou Lily Allen recentemente e a artista falou sobre os "quatro anos duros e difíceis" que antecederam a edição do mais recente álbum, "No Shame", e a autobiografia: "[tenho] duas crianças pequenas que não se vão lembrar deste período da vida delas quando forem mais crescidas… Pensei que seria bom documentar tudo para que elas saibam o que se passou. Prefiro que ouçam a música e não descubram o que a mãe andou a fazer através do Google" (siga o link acima para ler a entrevista na íntegra).