Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

DR e Getty Images (foto Bono)

Os 12 concertos que não pode perder em Portugal até ao fim do ano

O verão está quase a terminar, mas depois dos festivais ainda há muitos espetáculos para ver até 31 de dezembro

1. U2
O regresso de Bono e companhia a Portugal, para dois concertos esgotados na Altice Arena, em Lisboa, a 16 e 17 de setembro, acontece uns longos 8 anos depois da última passagem da banda por solo nacional. Consigo, trazem a digressão "Experience + Innocence" e o líder dos irlandeses já prometeu um momento inesperado: "durante o concerto, vamos agitar uma bandeira grande, luminosa, azul da União Europeia", escreveu Bono num texto publicado no jornal alemão Frankfurter Allgemeine, "calculo que mesmo para um público rock, agitar uma bandeira da União Europeia nos dias que correm pode ser uma irritação, uma chatice, uma referência kitsch ao Festival da Eurovisão, mas para alguns de nós tornou-se um ato radical". É de esperar, claro, clássicos como 'One' ou 'Sunday Bloody Sunday', mas também canções de álbuns mais recentes, como 'You're the Best Thing About Me' ou 'Iris (Hold Me Close)'.

2. FEIST
A canadiana Leslie Feist também coloca um ponto final num longo intervalo de seis anos sem tocar em Portugal com dois concertos: o primeiro é no Theatro Circo, em Braga, a 8 de setembro e o segundo no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, no dia 9. Consigo, a artista traz o mais recente disco, "Pleasure", tendo revelado em entrevista à BLITZ: "quando o álbum saiu, andei a tocá-lo do início ao fim, por puro prazer pessoal. Tocava-o todo e só depois as canções antigas. Sei que ainda não fiz isso em Portugal, mas como o disco já tem um ano não garanto que o faça. Sempre que regresso a Portugal, a cada cinco ou seis anos, é como se fosse uma reunião, portanto basicamente toco tudo". Na primeira parte de ambos os espetáculos toca La Force, amiga de longa data da canadiana e colaboradora dos Broken Social Scene.

3. THIRTY SECONDS TO MARS
Os Thirty Seconds To Mars também tocam em Braga (Theatro Circo) e Lisboa (Altice Arena), respetivamente a 11 e 12 de setembro. Jared Leto e companhia têm um álbum fresquinho, intitulado "America", para apresentar e vão levar ao palco a digressão Monolith, já sem terem a seu lado Tomo Miličević, multi-instrumentista que abandonou o projeto recentemente. Em entrevista à BLITZ, Leto prometeu: "vamos tocar muitas canções novas e muitas canções antigas. Os concertos vão ter algo para todos".

4. PATRICK WATSON
Bastante assíduo em palcos portugueses, o canadiano Patrick Watson regressa no início de dezembro para uma mini-digressão que começa na LX Factory em Lisboa no dia 2, passa pelo Convento São Francisco em Coimbra no dia 3 e pelo CAE São Mamede em Guimarães no dia 4 e termina na Casa da Música no Porto no dia 5. Trará novidades consigo, certamente, visto que revelou recentemente um novo single, 'Melody Noir', a incluir no próximo álbum, ainda sem data de edição confirmada.

5. IMAGINE DRAGONS
Fenómeno de popularidade um pouco por todo o mundo, os norte-americanos Imagine Dragons também já foram adotados pelo público português, tendo atuado no Coliseu de Lisboa em 2013 e passado depois pelo festival NOS Alive duas vezes. "Evolve", o mais recente álbum, editado no ano passado, inclui os êxitos 'Believer' e 'Thunder', mas certamente a banda não se esquecerá de tocar 'Radioactive', canção que os catapultou para a ribalta em 2012, no concerto que tem marcado para a Altice Arena, a 4 de setembro. A primeira parte será assegurada pelos britânicos Vaccines.

6. PETER MURPHY
Poucos meses depois de uma passagem muito celebrada pelo festival EDP Vilar de Mouros, Peter Murphy regressa a solo nacional para dois espetáculos em nome próprio para celebrar 40 anos da sua extinta banda Bauhaus. Primeiro, toca no Hard Club, no Porto, a 16 de novembro, e desce até Lisboa para atuar na LX Factory, no dia seguinte. Os concertos centrar-se-ão no primeiro álbum da mítica banda inglesa, "In the Flat Field", prometendo também o músico um "longo encore" com outros clássicos do grupo.

7. ANNA CALVI
De regresso aos álbuns já esta semana, a inglesa Anna Calvi volta a tocar em Portugal em outubro: sobe ao palco do Hard Club, no Porto, no dia 19 e ao do Capitólio, em Lisboa, no dia 20. As canções de "Hunter", o terceiro e novo registo, roubarão certamente o protagonismo, mas 'Suzanne & I', 'Desire' e uma versão de 'Ghost Rider', dos Suicide, têm também feito parte de alinhamentos de concertos recentes.

8. MERCURY REV
A banda de dream pop nova-iorquina Mercury Rev está de volta à estrada para celebrar os 20 anos de "Deserter's Songs", álbum que os tirou do anonimato no final dos anos 90. O concerto em Lisboa está marcado para o dia 27 de setembro e acontece no Lux. Canções como 'Goddess on a Hiway' ou 'Holes' serão apresentadas em formato "acústico e íntimo", promete o grupo.

9. KODALINE
Outro fenómeno de popularidade relativamente recente em Portugal, os Kodaline já se tornaram assíduos em palcos nacionais. Depois de uma passagem pelo festival Marés Vivas, em Vila Nova de Gaia, no passado mês de julho, o grupo irlandês sobe ao palco do Coliseu dos Recreios, em Lisboa, a 24 de outubro, para apresentar as canções de "Politics of Living", terceiro álbum com edição agendada para setembro.

10. BEACH HOUSE
Victoria Legrand e Alex Scally, dupla que se deu a conhecer ao mundo enquanto Beach House, já têm uma longa história com os palcos portugueses, regressando agora, a 25 e 26 de setembro para atuar, respetivamente, no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, e no Teatro Sá da Bandeira, no Porto. Um ano depois de passar pelo festival Vodafone Paredes de Coura, o duo volta com novo álbum na bagagem, "7". Legrand falou, em entrevista à BLITZ, sobre aquilo que os fãs portugueses podem esperar dos espetáculos: "estamos constantemente a evoluir e a encontrar novos elementos visuais para os nossos concertos. Além de termos uma maior variedade de canções, porque vamos tocar os temas novos, só quero que as pessoas vão com mente aberta e preparadas para uma experiência imersiva".

11. UNKNOWN MORTAL ORCHESTRA
Poucos meses depois de atuarem no NOS Primavera Sound, os Unknown Mortal Orchestra regressam a Portugal para dois concertos em nome próprio: tocam no Hard Club, no Porto, a 29 de outubro, e na Aula Magna, em Lisboa, no dia seguinte. A principal razão de ser destes concertos chama-se "Sex & Food", o quarto e mais recente álbum do coletivo de Auckland, editado em abril passado.

12. LOW
Os históricos Low regressam a solo nacional uns longos seis anos depois de uma passagem pelo Festival Para Gente Sentada, em Santa Maria da Feira. A banda norte-americana, no ativo desde o início dos anos 90, trará ao espaço Lisboa ao Vivo, a 29 de setembro, o novo álbum, "Double Negative", com edição agendada para 14 de setembro.

Para saber mais sobre estes concertos - horários, preços de bilhetes, etc - siga este link.