Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Notícias

Getty Images

Tom Meighan, dos Kasabian, confessa ter sofrido de depressão: “A minha cabeça estava desgraçada”

O vocalista dos Kasabian revelou ter tido um ano horrível, em 2016

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

Tom Meighan, dos Kasabian, revelou à revista Q que teve um ano "horrível", em 2016.

"Basicamente, a minha vida mudou. Estou sozinho. Porque me perdi", afirmou o vocalista.

"2016 foi ótimo para o Serge [Pizzorno, seu companheiro nos Kasabian ], a todos os níveis. Foi ótimo para o Leicester City [clube de futebol que se sagrou campeão em Inglaterra]. Foi uma merda para mim".

"Tive de consertar a minha cabeça. A minha atitude. Coisas que andava a fazer. Pessoas com quem me dava. Não eram más pessoas. Eu é que era mau. Estava muito infeliz, sentia-me em baixo".

"Não vou mentir, a minha cabeça estava desgraçada. Se calhar era uma coisa que já vinha crescendo há anos. Não estava a assumir a responsabilidade [do que fazia] e afetava todos à minha volta, foi horrível", acrescenta.

Muito recentemente, Tom Meighan sofreu a morte de um grande amigo. "Não vou dar pormenores. Estou bem. Mas o meu 'eu' antigo teria ficado maluco", admitiu. "Chorei e chorei. Não é justo".

Os Kasabian acabam de se lançar numa nova digressão mundial, da qual não constam por enquanto datas em Portugal.