Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Campanhas de publicidade

Artista portuguesa PONGO é vencedora dos Music Moves Europe Talent Awards 2020

A artista portuguesa PONGO é uma das vencedoras dos prémios Music Moves Europe Talent Awards, da Comissão Europeia, que distinguem artistas emergentes que representam “o som europeu de hoje e de amanhã”. A cerimónia dos MMETA teve lugar no festival Eurosonic Noorderslag, nos Países Baixos, no início deste ano.

Numa lista de 16 artistas, Portugal fez-se representar pela artista PONGO, voz do tema Kalemba (Wegue Wegue) dos Buraka Som Sistema. PONGO mistura as suas raízes africanas, langa, zaïco, com EDM, bass music, dancehall e pop melódica, e acrescenta-lhe a sua voz poderosa, arrastando-nos para o seu universo da dança. Com dois EP’s editados, Baia e WUA, a cantora prepara-se para lançar o seu primeiro álbum este ano.

A artista tem vindo a ser alvo de grandes elogios na imprensa internacional:

"As músicas de Pongo são uma abordagem forte e segura do estilo musical conhecido como kuduro, misturando ritmos africanos frenéticos com batidas techno estrondosas e rap. As letras são basicamente sobre a superação das lutas que ela enfrentou enquanto jovem africana tentando entrar no cenário musical de Portugal", escreve o New York Times.

"No seu novo EP Uwa, Pongo eleva o som angolano do kuduro - uma vibrante mistura de soca, samba, hip-hop e techno - até devaneios melancólicos (Wafu) e números eufóricos de chamada e resposta que mostram seu fluxo hábil (Quem Manda No Mic)", escreve o The Guardian.

Ben Houdijk

Além de PONGO, o júri selecionou como vencedores Meduza (Itália), girl in red (Noruega), NAAZ (Países Baixos), Anna Leone (Suécia), Harmed (Hungria), 5K HD (Áustria) e Flohio (Reino Unido). Cada um dos vencedores recebe um prémio de dez mil euros para promoção internacional. Além disso, foi ainda atribuído um Prémio do Público, no valor de cinco mil euros, a NAAZ.

O Music Moves Europe é a estrutura da Comissão Europeia que congrega iniciativas e ações dedicadas a apoiar o setor da música e é organizado pelos festivais Eurosonic Noorderslag e Reeperbahn, em parceria com Yourope, Independent Music Companies Asscociation (IMPALA), International Music Managers Forum (IMMF), Liveurope, Live DMA, European Music Exporters Exchange (EMEE), Digital Music Europe (DME) e a European Broadcasting Union (EBU) como media partner.

O Festival Eurosonic Noorderslag, que decorreu este ano de 15 a 18 de janeiro, é o maior festival showcase da europa e em simultâneo uma plataforma europeia de divulgação de música, com conferências e networking entre agentes da indústria musical de todo o mundo. Este ano, portugal fez-se representar por quatro projetos: Lina_Raül Refree, Miramar, Pongo e Sensible Soccers.