Perfil

Blitz

Uma parceria com o jornal EXPRESSO

Newsletter Blitz

30 anos de uma explosão das boas

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

24 de setembro de 1991. Na história do rock, esta data tem um significado celebrado até hoje. Nesse dia, uma banda de Seattle (ou de Aberdeen, dirão os mais rigorosos) lançava o segundo álbum. Poucos o previram, mas depois de "Nevermind", dos Nirvana, nem a banda de Kurt Cobain nem o rock voltariam a ser os mesmos. Apesar de eternizado na memória da geração que em 1991 os levou em braços, o disco de 'Come as You Are' não foi necessariamente considerado um clássico quando chegou às lojas. Que o diga Ira Robbins, crítico da "Rolling Stone" que, em 1991, ousou dar 3 estrelas a "Nevermind" e vaticinar que o álbum nunca seria bem recebido pelo mainstream. Falámos com Robbins sobre este "tiro ao lado" e ficámos a saber que o nova-iorquino não mudou "exatamente de opinião". Em 2021, ouvimos falar muito de Spencer Elden, o bebé da capa de "Nevermind" que quer ser ressarcido pela exposição involuntária. Mas há outras fotos por ver dessa mesma sessão numa piscina de Los Angeles. Continuando em 1991, é curioso recordar que, em Portugal, "primeiro ninguém ligou nenhuma" ao fenómeno Nirvana.

Por cá e agora, continua na ordem do dia o North Music Festival, cancelado a uma semana da data marcada. A organização diz que a DGS não enviou em tempo útil uma resposta ao plano de contingência do festival, mas que indicou que os espectadores teriam de fazer teste covid, mesmo que tivessem certificado digital. À BLITZ, a DGS afirma que só recebeu o plano de contingência a 13 de setembro e que não deu qualquer indicação sobre testes. A polémica está aqui.

Em Paço de Arcos, onde a BLITZ opera, recebemos esta semana Pedro Mafama. O autor de um dos discos mais aplaudidos do ano, "Por Este Rio Abaixo", falou da sua singular visão da cultura portuguesa e da importância de uma unha pintada, no podcast Posto Emissor e também no Ao Vivo na Redação.

Esta foi uma semana forte em anúncio de concertos — Shawn Mendes, Dita Von Teese ou Xavier Rudd visitam-nos em 2022; o festival Super Bock em Stock regressa já este ano — e também em lançamentos. Esta sexta-feira chegam discos novos de Rita Redshoes, Joana Espadinha ou Fred Ferreira e no fim de semana Caetano Veloso, imparável aos 79 anos, mostrou uma nova canção, 'Anjos Tronchos'.

Lá fora, o regresso aos grandes concertos dá-se pela mão dos Rolling Stones, que pela primeira vez em 59 anos tocaram sem Charlie Watts; dos Pearl Jam, que foram buscar o guitarrista Josh Klinghoffer aos Red Hot Chili Peppers, ou dos Genesis, que começaram em Inglaterra a sua última digressão de sempre.

Em Portugal, e à boleia de mais um concerto conjunto de Salvador e Luísa Sobral, recomendamos a leitura deste ensaio sobre Bernardo Sassetti, em cuja música os manos Sobral têm trabalhado.

Tudo isto na semana em que partiram Richard H. Kirk, dos Cabaret Voltaire, e Johnny Galvão, músico português de longo currículo, por cá e também em Espanha.

Tenha um ótimo fim de semana! E não perca os espetáculos que aí vêm, que pode consultar na agenda que selecionámos para si.

SANTA CASA ALFAMA
Alfama, Lisboa, 24 e 25 de setembro

PZ
Lux, Lisboa, 25 de setembro

CROMA – Ciclo de Música Contemporânea de Oeiras
Oeiras, de 6 a 10 de outubro

FESTIVAL IMINENTE
Matinha, Lisboa
De 7 a 10 de outubro

Com: Plutónio, Pongo, Ana Moura, Dino D’Santiago, Nenny, The Alchemist e Emir Kusturica & the No Smoking Orchestra, Julinho KSD, Slum Village, The Alchemist, Emir Kusturica & the No Smoking Orchestra, Jorge Palma, Pedro Mafama, Toty Sa’Med, Prétu, David Bruno, PAUS, Shaka Lion, Ricardo Toscano, Holly, Fogo Fogo, DJ Ride, Eu.Clides, Cancro, Jon Luz, Batucadeiras Finka Pé e Batida, com o projeto IKOQWE

TOMÁS WALLENSTEIN
Salão Brazil, Coimbra, 7 de outubro
Passos Manuel, Porto, 8 de outubro
Avenida, Aveiro, 15 de outubro
Fábrica do Pão, Lisboa, 16 de outubro

MALLU MAGALHÃES

8 de outubro - Fórum Municipal Luísa Todi, Setúbal
19 de novembro - Casa da Cultura de Ílhavo
20 de novembro - Castelo Branco (sala a anunciar)

Xutos & Pontapés com Orquestra Filarmónica Portuguesa
Altice Arena, Lisboa, 16 de outubro